Cada vez mais na CVL, surgem casos clínicos oncológicos, muito porque os nossos amigos de 4 patas têm uma longevidade maior graças aos cuidados profiláticos de que são alvo, mas também porque os doninhos estão cada vez mais comprometidos em zelar pela saúde e qualidade de vida dos seus companheiros.
Na CVL, dependendo do caso, existem meios que podem conduzir à cura e quando tal não é possível, existem protocolos paliativos, alguns deles naturopáticos, que pretendem zelar pela melhoria da qualidade de vida do paciente e oferecer à família a possibilidade de usufruir da companhia do companheiro de 4 patas por mais algum tempo e com alegria e bem-estar.